Blog 06.06.18

Desmonta – Meu Metro Quadrado

Aqui no Meu Metro Quadrado a gente se esforça para manter as fotos lindas por que […]

Aqui no Meu Metro Quadrado a gente se esforça para manter as fotos lindas por que a gente acredita, de verdade, que todos os imóveis que temos na pauta tem um quê de especial.

Em alguns deles, se não temos os olhos bem treinados, é difícil ver esse potencial todo de cara. Se em Floripa meu carma eram os apartamentos vazis, aqui no Rio passaram a ser os antigos. Os antigos, os bagunçados, os sem manutenção mas ainda assim especiais.

De tanto entrar e sair de elevadores pantográficos (esses!) em endereços para lá de especiais, em parceria com a Luciana Parente, colega no curso de Design de Interiores, bolamos o DESMONTA.

Já viu DESMONTA em nosso site?

O DESMONTA “[…] foi pensado para renovar a energia das residências e dos objetos que dele fazem parte, organizá-los, […] para que a harmônia volte. “  Postos em palavras poéticas pela especial Lu Parente, os meus olhos comerciais queriam mesmo é torná-los mais atrativo para venda, locação ou entrega para o novo morador. 

Nosso primeiro case foi uma apartamento divino, em frente ao mar do Leblon. Delfim Moreira (a avenida frente mar) 7 metros de janela de frente para o mar, que nem abriam de tanto tempo que o imóvel estava fechado. Para colocarmos de uma forma delicada, uma vida de móveis cômodos e possibilidades que estavam lá fechados há uns bons anos.

A vista era essa – mas as janelas não abriam!
Contem quantos sofás, somem quantos pontos de luz tem na sala. Multipliquem por 10 e somem com 34. Idade da antiga proprietária =)
Tem coisas que a gente não resolve no DESMONTA – mas ainda vejo poesia nessas cores =)
Parte mais nova da Casa

Se para as famílias as vezes e custoso desmontar um apartamento – tempo + envolvimento emocional + e chatíce – nós vemos uma oportunidade incrível de dar novos ares e significados no espaço.

A metodologia consiste na categorização das peças em quatro grupos: Guardados, Vendidos, Doados e Descartados.

Em três dias de trabalho o apartamento ficou assim:

Depois da seleção sugerimos um destino adequado para cada das categorias, fazendo a ponte entre antiquários, casas de leilões, lojas de móveis usados, bazares, cooperativas de reciclagem, catadores e empresas de coleta de lixo.

Cuidamos do acondicionamento das peças que serão guardadas, da destinação dos objeto de que serão descartados e auxiliamos o proprietário a avaliar a melhor proposta para os objetos que serão vendidos ou doados. Se interessou pela proposta? Manda um email para Lu Parente.

Escrito por

Patrícia Trevisan


Creci 25066

Whatsapp Corretora Patrícia Trevisan(48) 9966-0400

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao publicar um comentário, você concorda automaticamente com nossa política de privavidade e nossa política de cookies

Desenvolvido por wid.studio